sábado, 31 de janeiro de 2009

Medo de morrer.

para o tio Claro.

Tinha tanto medo de morrer que decidiu eliminar todos os riscos. Na segurança de casa, limitou-se a ficar sentado no sofá, olhando o mundo da janela. Nesta mesma posição, foi encontrado quatro dias depois, morto.

4 comentários:

Paulo Stenzel disse...

"Medo de morrer" foi escrito ao som de "Shine a Light" - Wolf Parade

c-beams disse...

E o medo espreguiçou-se na alcatifa...

Rindo-se da morte, permaneceu inteiro.

Paulo Stenzel disse...

É sempre interessante quando completam, complementam ou reinventam um destes continhos. Eles sempre têm uma abertura e uma série de omissões para fomentar mesmo isto. Às vezes, fico pensando em como (e se) cada pessoa preenche os vazios deixados.

c-beams disse...

A palavra é a loucura absoluta.

Não há vazios. Diria antes q existem sempre mais universos por trás dos universos do sentido ;)