sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Pequena história da longa vida de um fracassado.

Ele estava consciente e ouvia todos os ruídos e as poucas vozes na Unidade de Cuidados Intensivos. Porém, não conseguia ver, nem falar e muito menos movimentar um único músculo. Ele havia fracassado em absolutamente tudo na sua miserável existência. Agora, com uma grande dose de frustração muda, constatava que não havia sido competente nem para acabar com a própria vida.

3 comentários:

Paulo Stenzel disse...

"Pequena história da longa vida de um fracassado" foi escrito ao som de "Waterloo Sunset" - The Kinks.

Manual de deus disse...

sai uma rapidinha!

FRAGA disse...

Oi, paulo, desculpe te pentelhar com uma coisa pra lá de idiota, mas, bem... já havia te ameaçado de pegar um texto do teu blog e praticar a temeridade de "quadrinizar a cousa".
Puizééé... olha peguei aquele relato do lobisomem e fiz uma hq de uma página...que vou te enviar pra tua caixa postal, depois deste e-mail todo desengonçado. Olha queria tua aprovação e se possível pitacos, para postar no meu blog ( e no teu tb se quiseres!) e se a coisa te agradar, poderíamos repetir a parceria que tal?
Um abraço de um ilustrador do fim do fundo da América do Sul.